fbpx

>

>

Como o Nubank funciona e ganha dinheiro?

Tempo de leitura: 4 minutos

A essa altura, o “banco roxinho” já se tornou um velho conhecido para muita gente, mas nem todo mundo sabe como o Nubank funciona. É o seu caso?

Esse tipo de dúvida é natural e muito positiva, sobretudo se você tem conta no Nubank ou em outros bancos digitais. Afinal, vale saber como quem cuida do seu dinheiro ganha dinheiro.

Fizemos este post justamente para te contar como o Nubank se sustenta. Bora lá?

O que é o Nubank?

Você já deve ter se acostumado com a existência dos bancos digitais. O Nubank é um deles ― aliás, é o maior banco digital independente do mundo.

Em essência, o Nubank é uma fintech, ou seja, uma empresa que aposta em tecnologia avançada para criar soluções e oferecer serviços financeiros.

É interessante mencionar isso porque a ideia por trás de um banco digital não é apenas a mudança de um ambiente físico para um virtual.

O próprio Nubank se apresenta dizendo que não é como um banco tradicional e que nasceu “para acabar justamente com a burocracia que atrapalha a vida de tantas pessoas”.

Para tanto, os clientes Nubank podem resolver absolutamente tudo o que precisam sem precisar comparecer a uma agência. Tudo é feito no digital, pelo aplicativo Nubank, com direito a suporte 24 horas.

Do cartão à conta digital

Com essa premissa de tornar a relação das pessoas com os bancos mais simples, o primeiro produto do Nubank foi o cartão de crédito sem anuidade; o tal do roxinho.

Atualmente, isso de não cobrar a taxa de anuidade do cartão se tornou comum, mas o Nubank difundiu a novidade. Por isso, atraiu a atenção de tanta gente rapidamente.

Com o sucesso, o Nubank pode ampliar sua lista de produtos e passou a oferecer também:

  • NuConta, a conta digital sem tarifas de manutenção (e com rendimento maior do que a poupança);
  • programa de benefícios Nubank Rewards;
  • Serviço de Empréstimo Nubank;
  • conta PJ Nubank.
resumo livros finanças

Como o Nubank funciona?

O mundo é cada vez mais digital e as pessoas, cada uma em seu ritmo, vão se habituando a isso.

Assim, mesmo que o “banco roxinho” exista desde 2013, é natural que muita gente ainda não saiba como o Nubank funciona.

Por isso, vamos passar algumas informações sobre os dois principais produtos Nubank. Confira:

Cartão Nubank

O cartão de crédito é, sem dúvida, o mais famoso entre os produtos Nubank: um cartão internacional, sem anuidade e sem taxas escondidas.

Basicamente, ao usar o aplicativo ou acessar o site do Nubank para solicitar a abertura de sua conta, após a aprovação, você recebe seu roxinho em casa.

O cartão não está vinculado à NuConta e você pode usá-lo para:

  • compras presenciais;
  • compras online;
  • compras nacionais e internacionais.

Tudo mais que você precisar pode ser feito pelo aplicativo: acompanhar a fatura; fazer a troca da senha; solicitar novo limite; bloquear o cartão temporariamente; usar o cartão virtual.

Se você tiver uma NuConta, pode pagar a fatura do cartão pelo aplicativo do banco. Se não, pode pagar a fatura usando outra conta.

NuConta

A NuConta é gratuita e tem transferências também gratuitas e ilimitadas.

Como é totalmente digital, tudo o que você quiser fazer com relação à sua conta também é pelo aplicativo Nubank.

O único “porém” é a impossibilidade de fazer saques diretos, já que o Nubank não possui agências ou caixas eletrônicos.

No mais, pelo aplicativo, você acompanha seus gastos, faz transferências e até gera boletos de cobrança sem pagar nada.

Vale lembrar, a NuConta tem rendimento diário maior do que a poupança.

Como o Nubank ganha dinheiro?

Reparou em quantas coisas gratuitas? É por isso que tanta gente se pergunta como o Nubank lucra, já que não cobra nada de seus clientes.

Fim do mistério! O Nubank ganha dinheiro sobretudo com a taxa interchange, que é paga por lojistas.

A cada vez que você usa seu cartão Nubank para comprar algo, uma taxa de 5% do valor da compra é cobrada da loja em questão. Esse dinheiro é dividido entre:

  • maquininha do cartão;
  • bandeira do cartão (a bandeira do Nubank é a Mastercard);
  • o próprio Nubank.

Isso significa que, para se sustentar, o Nubank precisa de um número alto de clientes que usem seus cartões com frequência. 

É por isso que a empresa investe bastante em tecnologia e eficiência, inclusive no atendimento personalizado, para atrair gente sem precisar ter gastos elevados.

Ainda, o Nubank ganha com os juros pagos por clientes que atrasam a fatura do cartão e com uma taxa cobrada dos participantes do Nubank Rewards.

Considerando a criação do Nubank Empréstimos, a fintech pode conseguir dinheiro a partir desse serviço também.

O Nubank lucra ou não lucra?

Em março de 2019, se você perguntasse como o Nubank lucra, a resposta seria: não lucra.

No mesmo ano, a fintech teve prejuízo de R$ 313 milhões, mas sem alarde. Por que? O crescimento tem um custo elevado, mas o Nubank sabe disso.

Enquanto investe em sua expansão, a instituição segue recebendo aporte de investidores e, consequentemente, aumenta seu valor de mercado.

Nessa dinâmica, ao menos até agora, o Nubank tem o cenário ideal para projetar lucros altos e atingir essas metas.

A princípio, é normal ficar “com a pulga atrás da orelha” sem entender como o Nubank funciona e ganha dinheiro.

A questão é que as fintechs vieram para revolucionar um mercado antigo e engessado, apresentando novas formas de fazer e de lucrar.

Referência no segmento dos bancos digitais, o Nubank tem se saído bem, mas não é o único. Há outros bancos digitais com um modelo de negócios parecido, como Inter, Neon e Next.

Se você achou este conteúdo interessante, inscreva-se gratuitamente para participar do Clube do Corre! Te prometemos outros conteúdos muito bacanas e zero spam!

Tags relacionadas

Larissa Reis

Deixa que eu escrevo! Como jornalista, sempre acreditei no poder da comunicação bem feita para compartilhar informações relevantes, e é para isso que produzo conteúdo!
ilustração de envelope com 1 notificação

Participe do Clube do Corre

E receba lembretes semanais sobre tudo o que impacta o seu bolso! É de graça:

    Compartilhe

    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no whatsapp
    Compartilhar no email
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no pinterest

    Você pode gostar também

    Queremos saber o que você achou!

    Deixe aqui seu comentário.