Pago Quando Puder
Quer economizar dinheiro, use melhor o seu tempo

Quer economizar dinheiro? Use o seu tempo melhor!

Falar que “tempo é dinheiro” parece muito clichê, mas ao mesmo tempo nunca foi tão verdade.

Pare para pensar: quantas vezes, nesta semana, você gastou dinheiro para economizar tempo: pegando um Uber, pedindo um Ifood…. e esses são apenas os contextos mais comuns.

Por isso, se você está em uma fase que precisa economizar dinheiro, um bom começo pode ser começar a repensar o uso do seu tempo e maneiras de usá-lo para poupar!

E não se engane: isso dá trabalho. Mas, vale muito a pena — literalmente!

A relação de tempo e dinheiro

Cada vez mais as pessoas usam o dinheiro como uma maneira de economizar tempo, diferente do que acontecia no passado, onde todos estavam dispostos a gastar mais tempo e economizar dinheiro.

Um excelente exemplo é o período de férias.

Você possivelmente consegue lembrar do seu pai, ou sua mãe, organizando um carro cheio de pessoas e coisas para fazer uma viagem para a praia, ou para a casa de um parente.

Isso porque as passagens de avião eram consideradas muito caras. E com isso as pessoas estavam dispostas a enfrentar 2… 4…. 10 horas ou mais de viagem de carro, porque isso significava economizar o valor do voo, que seria de no máximo 1h30min.

Mas com o passar dos anos, esse valor foi se invertendo e as pessoas começaram a valorizar muito mais o tempo do que o dinheiro. Por vários motivos.

  • A vida ficou mais corrida mesmo, e todo mundo tem muita coisa para fazer em pouco tempo;
  • O poder de compra das pessoas aumentou, e isso é ótimo!
  • Algumas opções surgiram para facilitar a nossa vida, como produtos, aplicativos e serviços, que acabam custando mais, mas nos ajudando a poupar tempo.

Quanto vale o seu tempo?

O nosso papel aqui não é dizer que essa economia de tempo é uma coisa errada. Muito pelo contrário: essas novas funções tem facilitado muito a nossa vida.

O que nós estamos querendo é que você reflita um pouco sobre essa relação de tempo e dinheiro, e entenda: quanto vale o seu tempo para você?

Quem precisa atravessar a cidade para trabalhar, por exemplo, e perde umas 2 ou 3 horas do dia no trânsito não tem outra opção, se não compensar esse tempo de alguma forma: arcando com ele e com o seu próprio cansaço, ou gastando dinheiro.

E essas comodidades são mesmo muito úteis!

Mas ao mesmo tempo, elas passaram a fazer parte da nossa vida de uma forma que nos liga em um piloto automático em que, mesmo sem necessidade ou podendo fazer outras escolhas, nós optamos por gastar.

Por isso, seja porque você está endividado, quer realizar um sonho, fazer uma viagem, comprar um carro… não importa.

Você pode repensar alguns hábitos e, através de mudanças sutis, gastar menos dinheiro sem ter que abrir mão de nada.

Formas de usar o tempo para economizar dinheiro

Agora vamos para a prática! 

Como dissemos, a nossa ideia é te ajudar a repensar na sua rotina e pensar em situações em que você consegue economizar um bom dinheiro, usando melhor ou um pouco mais do seu tempo.

Viaje de carro

O exemplo mais fácil de associar, e que nós já citamos antes: volte a viajar de carro.

Esse hábito caiu em desuso já tem algum tempo, mas se você quer economizar sem perder uma boa viagem nas férias, ele precisa voltar a ser considerado.

Além de ser possível dividir o valor entre os amigos, uma viagem de carro tem um limite de bagagens é maior sem custo adicional, você tem mais opções de destino e a economia pode ser gritante.

Para ter uma ideia:

  • Uma passagem de São Paulo até Salvador custa, em média, R$295,00 reais, comprando com antecedência (fonte: skyscanner). Ou seja: ida e volta = R$ 590,00;
    (fonte: skyscanner)

  • Indo de carro, com a gasolina a um preço médio de R$4,42/l, em um carro que faça 14km por litro, você paga exatamente o mesmo valor: R$1032,00. Porém, pode dividir com mais 3 amigos, e a viagem vai sair por R$258,00 por pessoa!
    (fonte: qualp)

E se eles também dirigirem, você ainda pode dividir os motoristas para diminuir o cansaço da estrada.

Coloque na ponta do lápis e sempre leve em consideração esta opção.

Faça sua comida

Se o seu trabalho possui uma cozinha ou refeitório com microondas ou um fogão, você pode economizar levando comida de casa.

Além de economia, você pode ter a chance de comer coisas ainda mais saudáveis e com aquele sabor caseiro.

E o bom dessa ideia é que você pode se organizar no início da semana para ter menos trabalho nos outros, ou pode se organizar e dividir a semana, para usar a marmita alguns dias e almoçar com os amigos do trabalho em outros.

Segunda, quarta e sexta, por exemplo.

Chame os amigos para o Happy Hour em casa

Um dos grandes medos de quem está começando a pensar em economizar é justamente acabar perdendo alguns “luxos” e diversões.

Mas na verdade, eles podem só serem substituídos.

Um bom exemplo é trocar o Happy Hour com os amigos do trabalho: e, ao invés de ir para o barzinho, ir para a casa de um deles.

Nesse processo cada um traz um petisco que preparou em casa ou que comprou na hora do almoço, e você consegue ter maior controle sobre os seus gastos de acordo com a sua disponibilidade naquele momento.

Para se ter uma ideia, em Belo Horizonte — a capital dos bares — a variação de preço de uma cerveja pode chegar a 158% de um lugar para o outro

Ou seja: se no supermercado você pagaria R$2,99 na sua cerveja, a mesma pode custar mais de R$8,00 reais!

Viu como a economia pode ser simples, e sem afetar os seus hábitos?

E nesse caso, o gasto de tempo acontece no preparo dos lanchinhos ou lavando a louça depois. 

Troque o Uber pelo transporte público

Especialmente para as cidades com grande linha de transporte público, como São Paulo, ele costuma ser a opção mais barata de transporte.

Mas nós sabemos: isso significa que você vai precisar sair mais cedo para os seus compromissos.

Mas pense o seguinte: um Uber do aeroporto de guarulhos até o Morumbi custa R$95 reais, em um horário “sem muito trânsito”, enquanto de metrô, você gastaria R$4,30!

Isso é uma economia de mais de R$90 reais, que pode variar com a hora de pico e, especialmente para São Paulo, pode ser a opção mais rápida! rs

Pesquise antes de comprar

Esse talvez seja o hábito mais fácil de ser mudado, e que nem vai representar tanto tempo assim, afinal você consegue fazer isso em muitos casos sem sair de casa.

Os preços de produtos podem variar muito — como você viu no caso da cervejinha — e ainda mais quando se trata de bens duráveis como celulares, eletrodomésticos e móveis.

Por isso, dedicar parte do tempo fazendo uma pesquisa de preço é muito importante!

Além disso, ao longo da pesquisa você pode conhecer outras marcas e até desistir da compra, caso o produto não seja tão necessário assim.

Pesquise antes de pagar

Você já pensou em pesquisar as opções de pagamento da sua dívida?

Investir um tempo pesquisando as opções que você tem para limpar o seu nome pode te mostrar caminhos que você não conhecia — e que ficam muito mais baratos para você.

Além da negociação diretamente com o credor (a empresa que você deve), você tem:

E muitas outras!

Por isso conheça todas as suas opções antes de bater o martelo.

Faça sua lista de compras de supermercado

Dedicar um tempo para pensar no cardápio da semana e fazer a lista de compras é apenas uma das formas de economizar no supermercado, mas talvez a mais importante.

Quando você tem uma lista, você tem um objetivo. E com isso diminui as chances de se distrair com ítens que você não precisa, e acabaria comprando.

Além disso, a lista é uma chance de conferir o que você ainda tem na dispensa e não precisa comprar, o que representa outra economia.

Resumindo…

Existem diversas outras formas:

  • Trocando o hambúrguer do Ifood pelo de casa;
  • Pesquisando cupons de desconto;
  • Esperando as melhores épocas para comprar determinados produtos;
  • Indo até a loja e não comprando pela internet, para poder negociar;
  • Esperando para pagar à vista e não parcelado — e com juros.

E diversas outras.

Mais uma vez, a ideia é que você não fique bitolado, e sim comece a considerar essas opções com mais frequência e, porque não, colocando algumas delas em prática na sua rotina hoje ainda! 😉

Lais Bolina

Apaixonada por Marketing Digital, aprendeu a lidar com dinheiro na marra, quando começou a se sustentar sozinha aos 21 anos.

Deixe aqui o seu comentário

Dá aquele like!

Curta nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades do Pago Quando Puder!

Receba as novidades!