fbpx

>

>

Dá Pra Comprar Parcelado No Boleto? Veja Agora!

Tempo de leitura: 5 minutos

Comprar no boleto é uma alternativa interessante para quem planeja comprar à vista e negociar um bom desconto. Não à toa, a cada quatro consumidores brasileiros, três preferem pagar contas e dívidas por boleto bancário.

Por ano, são emitidos mais de 3,6 bilhões de boletos, de acordo com um estudo do E-commerce Brasil em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Apesar disso, às vezes é preciso parcelar uma compra e muitas vezes acabamos usando o cartão de crédito para isso. Mas sabia que é possível também parcelar compras no boleto?

Neste texto, você vai descobrir como comprar parcelado no boleto e se isso é realmente vantajoso.

Possibilidades de parcelamento de compras por boleto

Existem algumas possibilidades para parcelar o valor de uma compra no boleto. A primeira é buscando lojas que parcelam as compras nos famosos carnês.

Geralmente, as lojas que parcelam no carnê possuem formas de crediário próprio e, sendo aprovado na análise de crédito, é possível parcelar as compras — em até 24 vezes, em alguns estabelecimentos.

Na verdade, os carnês nada mais são que uma espécie de boleto emitido pela loja para que o cliente pague de forma parcelada por um produto ou serviço mensalmente (em uma data pré-acordada por ambos)

Em outras palavras, o valor total do produto ou serviço é dividido pela quantidade de meses que o cliente quer ou pode pagar. 

Por exemplo: se o primeiro boleto foi emitido com data de vencimento para o dia 10, provavelmente os demais terão o mesmo dia como data de vencimento.

Geralmente, as lojas que oferecem essa possibilidade fazem avaliação de crédito dos clientes internamente ou possuem parceria com alguma empresa que presta tal serviço para ela.

Segundo um levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 27% dos brasileiros utilizaram o crediário para realizar compras, seja para parcelar em cartões de loja ou em carnês e boletos.

Estabelecimentos que costumam utilizar carnê como forma de pagamento

Nem todos os estabelecimentos aceitam esse tipo de pagamento, principalmente pelo risco da inadimplência e falta de recursos para fazer cobranças dos clientes caso atrasem ou deixem de pagar alguma parcela.

As instituições que geralmente utilizam esse tipo de pagamento são:

  • escolas e faculdades;
  • cursos online;
  • prestadores de serviços recorrentes;
  • provedores de internet e celular;
  • lojas de eletrodomésticos;
  • consórcios e financiamentos.

Além desses, e-commerces, MEIs e profissionais autônomos podem utilizar essa forma de pagamento para diminuir as chances de atrasos nos recebimentos.

Diferença entre carnês e boletos

Apesar de se parecerem com boletos, como dissemos anteriormente, os carnês não são boletos de verdade. Há algumas diferenças importantes e que você deve saber.

A primeira e mais importante é que um boleto é geralmente emitido por uma instituição financeira autorizada pelo Banco Central e pode ser pago em vários bancos, casas lotéricas e até por aplicativos e internet banking.

Apesar de alguns carnês também poderem ser pagos em mais de um local, nem todas as lojas oferecem essa comodidade, podendo ser necessário pagar o boleto somente no estabelecimento que emitiu o carnê.

Comprar parcelado por boleto em lojas virtuais

É comum obter a oferta de pagamento parcelado por carnês em lojas físicas, principalmente em grandes empreendimentos.

No entanto, cada vez mais lojas online estão oferecendo a possibilidade de pagar boleto parcelado. É o caso do Mercado Livre, com o serviço chamado Mercado Crédito, uma espécie de crédito online que pode ser usado para parcelar compras feitas no site.

Outra loja online onde é possível pagar no carnê/boleto parcelado é a Casas Bahia por meio do Carnê Digital. Nesse caso, a possibilidade de parcelamento no carnê só é válida para a compra de produtos vendidos e entregues pela própria Casas Bahia.

Parcelando boletos no cartão de crédito

Outra forma de parcelar boletos é por cartão de crédito. À primeira vista pode parecer sem sentido a ideia de parcelar um boleto no cartão, mas em alguns é possível e até vantajoso.

Acontece que muitas empresas, principalmente lojas virtuais, dão bons descontos caso você compre à vista no boleto.

Por isso, algumas operadoras de cartão de crédito e aplicativos financeiros, como o PicPay, permitem que você pague o boleto e parcele no cartão o valor.

Mas é muito importante atentar-se às taxas e juros cobrados pelo serviço que você está utilizando para parcelar o boleto.

Em alguns casos, as taxas podem ser maiores do que o desconto que você vai obter na compra. Nessa situação, vale mais a pena parcelar diretamente no cartão de crédito, por exemplo.

Vamos ver um exemplo: imagine que você está interessado em comprar um produto em uma loja virtual no valor de R$ 1.333,33. A loja então oferece 10% de desconto pela compra à vista no boleto.

Você poderia aceitar a oferta e utilizar, por exemplo, o PicPay para parcelar um boleto no cartão de crédito.

No entanto, é importante considerar que para fazer isso, no PicPay, existe uma taxa de 2,99% calculada sobre o valor total do boleto, além de outra taxa de 3,49% sobre cada parcela.

Veja a simulação abaixo para cada possibilidade.

MêsÀ vista sem descontoÀ vista com 10% de desconto no boletoParcelado direto no cartão sem descontoParcelado no boleto pelo PicPay
Mês 1R$ 1.333,33R$ 1.200,00R$ 133,33R$ 127,90
Mês 2R$ 133,33R$ 127,90
Mês 3R$ 133,33R$ 127,90
Mês 4R$ 133,33R$ 127,90
Mês 5R$ 133,33R$ 127,90
Mês 6R$ 133,33R$ 127,90
Mês 7R$ 133,33R$ 127,90
Mês 8R$ 133,33R$ 127,90
Mês 9R$ 133,33R$ 127,90
Mês 10R$ 133,33R$ 127,90
TotalR$ 1.333,33R$ 1.200R$ 1.333,33R$ 1.279

Para chegar ao valor de parcela do PicPay, acrescentamos 2,99% aos R$ 1.200 do valor do boleto com desconto. O resultado foi dividido pela quantidade de parcelas (10) e, em seguida, acrescentada uma taxa de 3,49% em cada mensalidade.

Nesse caso, mesmo pagando essas taxas ainda  valeria a pena parcelar o valor do boleto no cartão de crédito, já que o desconto obtido no produto é maior do que as parcelas que seriam cobradas pelo PicPay.

Além do PicPay, é possível parcelar boletos em outros aplicativos, como o Recarga Pay, com acréscimo de 2,99% de taxa também.

E se eu não pagar uma ou mais parcelas?

Se você optar por parcelar uma compra no carnê/boleto e deixar de pagar uma ou mais parcelas, é importante saber quais são as penalidades previstas no contrato assinado com a loja.

O mais comum é a cobrança de taxas e juros pelo atraso no pagamento. Nos casos de inadimplência, a empresa pode enviar o nome do cliente para os serviços de proteção ao crédito, como o SPC e o Serasa.

Além disso, ela pode até entrar na justiça para conduzir o cliente inadimplente a pagar o débito. Nesse caso, além do pagamento da dívida, a empresa pode exigir o pagamento de honorários advocatícios e custas processuais caso ganhe a ação.

Conclusão

Várias lojas oferecem a possibilidade de parcelar boleto, inclusive pela internet, mas para as que não oferecem é possível parcelar o boleto por meio do cartão de crédito em aplicativos de pagamento.

No entanto, o ideal é sempre se planejar financeiramente para comprar à vista para, assim, garantir bons descontos e evitar endividamentos.

Aqui no blog sempre postamos conteúdos sobre planejamento financeiro pessoal para você sair das dívidas. Para receber nossas novidades no seu e-mail, inscreva-se em nossa newsletter:

    Tags relacionadas

    Kleiton Reis

    Kleiton Reis é jornalista e apaixonado por marketing, finanças e por ensinar. Acredita que pequenas ações geram grandes resultados e que as mudanças devem começar dentro de cada um antes de tomar o mundo.
    ilustração de envelope com 1 notificação

    Participe do Clube do Corre

    E receba lembretes semanais sobre tudo o que impacta o seu bolso! É de graça:

      Compartilhe

      Compartilhar no facebook
      Compartilhar no whatsapp
      Compartilhar no email
      Compartilhar no linkedin
      Compartilhar no twitter
      Compartilhar no pinterest

      Você pode gostar também

      Queremos saber o que você achou!

      Deixe aqui seu comentário.