Pago Quando Puder
Como pedir aumento

5 Dicas Úteis e Práticas Para Pedir Aumento

A cada ano, o governo anuncia o reajuste do salário mínimo. A verdade é que o valor definido nem sempre é o suficiente, não é mesmo?

Cerca de 49 milhões de trabalhadores brasileiros recebem um salário mínimo e sabem quais são os desafios de viver com R$ 1.045 ― valor que passou a valer em 2020, exceto para São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, que decidiram definir valores acima do piso nacional.

Independente de onde você mora e do valor estabelecido para a sua região, saber como pedir aumento de salário é bastante útil e é esse o assunto deste post. Acompanhe!

Quando é importante pedir um aumento?

O salário mínimo, como o termo já diz, é a quantia mínima que um empregador pode pagar a um trabalhador que tem carteira assinada. Isso não significa, porém, que em qualquer situação você deve se contentar com esse valor.

Mesmo se esforçando para gastar menos do que você ganha, você pode ter dificuldades para dar conta de todos os seus compromissos financeiros com um salário mínimo.

Porém, ao invés de focar apenas em um motivo pessoal, pedir aumento é importante quando você percebe que não ganha o suficiente para o tanto que trabalha, ou que seu trabalho tem trazido muito retorno para a empresa, e você não está sendo recompensado por isso.

É comum que, depois de começar em um emprego e se acostumar com a rotina básica, um funcionário receba novas responsabilidades. Pode ser que, desde o início, essa lista de responsabilidades faça parte do acordo, mas pode ser que não.

Ao perceber que um trabalhador é capaz de fazer mais, o empregador ou o supervisor pode acabar aumentando sua lista de tarefas. Quando essa situação for além do combinado e cruzar o limite do que é justo, pelo salário que você recebe, é importante pedir um aumento.

Como saber se é o momento de pedir um aumento?

Saber que você deveria ou poderia ter um salário melhor não é bastante para agir. Antes, você precisa avaliar o momento para aumentar as suas chances de sucesso.

Não raro, empresas passam por dificuldades financeiras e precisam cortar gastos. Quando a economia vai mal, todo mundo gostaria de ganhar mais para lidar com as dificuldades, mas este é um momento bem complicado para negociar salário.

Se a empresa estiver passando por mudança no comando ou de gestão, também convém esperar. O novo gestor, por pouco saber sobre você e suas funções, pode não entender o que justifica o seu pedido.

Além disso, empregadores organizados tendem a rever o orçamento nos meses finais do ano. Por isso, setembro e outubro costumam ser meses ideais para ter essa conversa.

livros-de-financas

O que preciso saber/fazer antes de pedir um aumento?

Agora que você já sabe como descobrir o melhor momento, não vá pensando que é só aguardar e pedir, ok?

Antes de qualquer coisa, você precisa saber que pode ouvir um “não” como resposta e precisa se preparar para lidar com isso. E antes de tentar negociar com o seu chefe, você deve buscar razões que façam valer o aumento pedido.

Isso não significa trabalhar duas vezes mais para chamar a atenção e sim rever seu desempenho e avaliar sua trajetória na empresa:

  • Você é pontual? 
  • Justifica suas faltas? 
  • Consegue cumprir bem as suas tarefas? 
  • Tem bom relacionamento com os colegas e superiores? 
  • Faz seu trabalho com comprometimento e qualidade?
  • Contribui com outros colegas de trabalho?

Esforce-se para lembrar os momentos em que, na prática, você mostrou características que te tornam merecedor desse aumento. Converse com colegas de trabalho e mesmo com seu chefe, para entender melhor como eles enxergam o desempenho do seu trabalho, os pontos positivos e os que você pode melhorar.

Um aumento de salário certamente não vem de graça e querer ou achar que você merece ganhar mais não é o suficiente para que o patrão decida pagar mais. 

Depois de todas essas reflexões, se necessário, mude sua postura para que seu valor para a empresa fique claro.

Vamos a alguns exemplos?

  • Suponhamos que você trabalhe em uma padaria e é responsável por fritar os sonhos. Nos últimos tempos, porém, os bolinhos estão fritando rápido demais e ficando crus por dentro. O que fazer? Procure o supervisor, peça orientações e dê sugestões para corrigir o erro.
  • Agora, suponhamos que você trabalha em uma copiadora e percebe que o número de pacotes de papel está acabando, mas realizar novos pedidos não é responsabilidade sua. O que fazer? Certamente, você não precisa assumir a tarefa, mas pode avisar quem precisa fazê-lo para evitar um problema; isso se chama proatividade.

Como pedir aumento de salário?

Com tudo isso, vamos a cinco dicas práticas e uma dica bônus que você pode seguir para pedir seu aumento de salário:

  1. Fale com o seu chefe em um ambiente privado. Se for preciso, solicite que vocês se desloquem a uma sala reservada para que a conversa não seja ouvida por outros trabalhadores, nem interrompida. Evite conversar diretamente sobre o assunto, e sobre o conteúdo da conversa, com outras pessoas.
  2. Use um tom de voz agradável e não faça chantagens. Nada de dizer coisas como “o senhor sabe o quanto eu me dedico aqui todo dia e se eu não tiver um aumento vou acabar precisando procurar outro emprego”.
  3. Tenha argumentos prontos antes de iniciar a conversa. Pense no que vai dizer e evite focar na necessidade de mais dinheiro para pagar dívidas ou comprar algo, ainda que seja importante. Pense no trabalho e no bem da empresa para apresentar seus motivos para querer ganhar mais.
  4. Aponte suas qualidades profissionais. Para pedir aumento de salário, mostrar como você é importante para a empresa pode fazer a diferença. Quanto a isso, honestidade é regra.

Se você sabe que ser proativo é algo positivo, mas no dia a dia não tem o costume de tomar iniciativas, não adianta falar bonito.

  1. Saiba quanto vale o seu trabalho e esteja pronto para negociar. Existem sites como o Glassdoor que nos ajudam a descobrir o salário médio de cada atividade profissional. Ter noção do mercado vai ajudar você na hora das negociações que costumam acontecer, em busca de um meio termo.

Bônus: Seja paciente e não espere uma resposta imediata. É bem provável que seu chefe precise consultar o orçamento da empresa e, talvez, até mesmo o gestor de Recursos Humanos antes de tomar uma decisão.

Caso ele indique que vai avaliar a situação, pergunte gentilmente quando podem voltar a conversar sobre seu salário para controlar a ansiedade e aguarde.

Sabemos que o momento de pedir aumento pode ser um pouco desconfortável, mas é muito normal dentro das empresas. Afinal, a relação entre o empregador e o trabalhador é como uma troca: você oferece suas habilidades e, em retorno, a empresa oferece sua remuneração e benefícios. 

Essa troca precisa ser justa e benéfica para todos os envolvidos!

Enquanto você se prepara para pedir um aumento, aprenda a administrar melhor seu dinheiro baixando nosso Guia Completo de Finanças Pessoais!

guia-financas-pessoais
Larissa Reis

Larissa Reis

Deixa que eu escrevo! Como jornalista, sempre acreditei no poder da comunicação bem feita para compartilhar informações relevantes, e é para isso que produzo conteúdo!

Deixe aqui o seu comentário

Dá aquele like!

Curta nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades do Pago Quando Puder!

Receba as novidades!