fbpx

>

>

Coliving: o que é e quais são as opções?

Coliving: o que é e quais são as opções?

Tempo de leitura: 4 minutos

Está procurando um lugar para morar, mas ainda não consegue encarar os custos e as burocracias de comprar ou alugar uma casa? Talvez o coliving seja a solução ideal para o seu problema.

Coliving é um conceito de moradia compartilhada que permite aos moradores um estilo de vida mais sustentável e econômico. Os espaços são indicados para quem gosta de viver em comunidade e conhecer pessoas diferentes.

E se você está pensando que é a mesma coisa que morar em uma república ou dividir um apê com os amigos, saiba que não é bem assim.

Neste conteúdo, vamos explicar o que é o coliving, como ele funciona e ainda apresentar opções de moradia compartilhada em algumas cidades do Brasil. Acompanhe!

O que é coliving?

Coliving é um tipo de moradia colaborativa em que as pessoas compartilham áreas comuns, responsabilidades e recursos, mas possuem um espaço individual. Geralmente, o dormitório é privativo e a cozinha, sala, lavanderia, varanda e outros cômodos do imóvel são coletivos.

O objetivo é que os moradores tenham privacidade, mas vivam em comunidade nos espaços comuns, trocando ideias e ajudando uns aos outros como for possível. A ideia pode parecer igual a outros tipos de moradias, mas o coliving se diferencia em alguns aspectos importantes.

Se nas repúblicas, por exemplo, o público-alvo são jovens estudantes, o coliving, na maioria das vezes, atende um público bem mais diverso, como: 

  • pessoas de todas as idades (apesar de os mais novos ainda estarem mais abertos a experimentar a tendência);
  • profissionais em início de carreira;
  • pessoas que estão indo morar sozinhas;
  • nômades digitais.

Portanto, o serviço é indicado tanto para quem queira um estilo de vida mais econômico quanto para quem prefira uma intensa convivência em comunidade.

Como o termo surgiu?

O coliving surgiu de outro conceito, o “cohousing” — tipo de moradia que nasceu na Dinamarca, nos anos 1970. Sættedammen, a primeira comunidade de cohousing, era composta por 35 famílias que compartilhavam espaços, refeições e outras atividades. 

Publicada originalmente aqui

O modelo chegou aos EUA em 1988, por meio do arquiteto Charles Durret, e anos depois se popularizou no Canadá, Europa e Ásia.

O conceito desembarcou no Brasil por volta de 2013, mas ganhou força por conta da pandemia da Covid-19. As dificuldades financeiras e a necessidade de ter um espaço mais confortável para trabalhar em home office são alguns pontos que podem fazer as pessoas buscarem por esse tipo de moradia.

Como funciona?

A casa (ou apartamento) já vem mobiliada e com serviços de internet, televisão e gás instalados. E tudo isso, como você pode imaginar, não é obra da fada madrinha. 😂

Geralmente, os espaços são planejados e administrados por empresas especializadas no compartilhamento de moradias, que também são responsáveis por “manter ordem na casa”, fazer manutenções e garantir que todos os moradores respeitem as regras de convivência.

Então, após realizar a visita, acertar os detalhes e assinar o contrato, os moradores não precisam se preocupar com a limpeza periódica dos ambientes comuns ou com a decoração do espaço. Tudo isso fica ao encargo da empresa contratada. É só trazer os pertences pessoais e conhecer a galera.

Além disso, despesas básicas, como contas de água, energia elétrica, IPTU, condomínio e internet, podem estar dentro do valor fixo do aluguel. Os serviços inclusos variam de acordo com o contrato.

Confira os principais benefícios de optar por esse tipo de moradia:

  • economia com as despesas da casa;
  • não precisar encontrar um fiador ou passar por uma rigorosa análise de crédito;
  • é uma opção para pessoas de todas as idades, gêneros e ocupações;
  • existe a possibilidade de morar em uma localização privilegiada e economizar com o transporte.

Conheça opções pelo Brasil

Pesquisar várias opções é fundamental para ter uma boa experiência com o coliving ou com qualquer outro serviço. Então, se você pretende investir na moradia compartilhada, nada de preguiça! Pesquise alternativas na região que você deseja morar, faça visitas, veja relatos de antigos moradores e tire todas as suas dúvidas com a empresa responsável.

Para facilitar, separamos algumas opções em algumas cidades brasileiras:

Coliving em Belo Horizonte 

Pensando em morar na capital mineira? Veja algumas alternativas de moradia compartilhada que encontramos em BH: 

Coliving em São Paulo 

São Paulo, a maior metrópole do país, tem várias e ótimas opções de coliving. Confira algumas delas:

Coliving no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro continua lindo e também conta com opções para quem está pensando em viver em um coliving por lá. Conheça algumas:

Coliving em Recife

O Coliving também chegou na capital de Pernambuco. Veja as alternativas que encontramos em Recife:

Coliving em Porto Alegre

Quem deseja ter a experiência de moradia compartilhada em Porto Alegre conta com boas opções. A seguir, confira algumas delas:

Coliving em Curitiba

Quer compartilhar moradia na capital do Paraná? Você pode começar a sua pesquisa com as empresas que selecionamos:

Coliving em Florianópolis 

Floripa também tem espaços de moradia compartilhada. Confira algumas alternativas:

Escolher morar em um coliving é optar por um estilo de vida mais econômico e inteligente do ponto de vista ambiental e social. 

Afinal, o grande objetivo desse tipo de moradia é compartilhar recursos, despesas, espaços e experiências para que todos vivam melhor. Se você acredita nesse ideal, esperamos que este post tenha ajudado você a compreender melhor como funciona o coliving e os primeiros passos para encontrar o seu lar.

Quer mais informações e conteúdos como este no seu e-mail? Faça a sua inscrição no Clube do Corre para fazer parte da maior comunidade de especialistas em perrengues financeiros do Brasil. É de graça!

Tags relacionadas

Carol de Assis

Mãe e redatora freelancer, aprendeu (depois de vários apertos) a importância de administrar bem o dinheiro e ter uma reserva financeira.
ilustração de envelope com 1 notificação

Participe do Clube do Corre

E receba lembretes semanais sobre tudo o que impacta o seu bolso! É de graça:

    Compartilhe

    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no whatsapp
    Compartilhar no email
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no pinterest

    Você pode gostar também

    Queremos saber o que você achou!

    Deixe aqui seu comentário.