Pago Quando Puder
Banco-N26

Banco N26: O que preciso saber? É confiável?

As fintechs começaram a ganhar o mercado, abrindo espaço para os bancos digitais, como o Banco N26. Já ouviu falar nele?

Primeiramente: fintech é o termo oriundo da junção das palavras financial + technology.

Ou seja: financeira e tecnologia. Tratam-se de empresas, em geral startups, que apostam na inovação para oferecer soluções modernas para empresas do setor financeiro.

A novidade tem sido tão bem acolhida, que já não conseguimos contar nos dedos os bancos digitais existentes. Entre eles, estão o banco Inter, o Neon, a NuConta e o banco N26 que você vai conhecer melhor agora. Boa leitura!

O que é o Banco N26?

O N26 é um banco digital criado em 2013, que tem sede em Berlim e que está sendo chamado de “Nubank alemão”, ainda que seu modelo de funcionamento seja mais similar ao do banco Neon.

O Banco N26 não possui agência física. Sendo assim, todas as ações e transações são feitas pela internet, a começar pela abertura da conta, que é feita por meio de um aplicativo instalado no celular.

Para a abertura da conta, o Banco N26 não exige um saldo mínimo do correntista, algo que é muito comum nos serviços digitais. 

Atuação do N26 no mundo e chegada no Brasil

Além da Alemanha, o Banco N26 está ativo em países como Áustria, Bélgica, Dinamarca, Estados Unidos, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Irlanda, Islândia, Itália, Islândia, Luxemburgo, Noruega, Portugal, Polônia, Principado de Liechtenstein, Suécia e Reino Unido.

Em dezembro de 2019, o blog da fintech fez um anúncio sobre a chegada iminente do Banco N26 ao Brasil, mas sem divulgar uma data.

A previsão é de que os serviços do banco alemão estejam disponíveis em nosso país ainda em 2020 e, sobre a entrada da fintech no mercado brasileiro, Eduardo Prota ― responsável pelas operações do banco por aqui ― disse o seguinte:

“O mais importante, hoje, é como fazer a vida financeira do cliente ser melhor e, onde fizer sentido, eu faço isso diretamente; onde não fizer sentido, eu fecho parcerias. Queremos melhorar a relação do brasileiro com o dinheiro e, para isso, não precisamos necessariamente ser um banco completo”.

Como abrir sua conta

Enquanto o N26 não chega ao Brasil, a abertura de conta só é possível para aqueles que têm um endereço no exterior, mais precisamente nos países onde o banco já está disponível.

Por enquanto, quem reside no Brasil pode entrar para a lista de espera do banco N26, o que garante o recebimento de um comunicado quando a possibilidade de solicitar a abertura de uma conta se concretizar.

A título de curiosidade: na Europa, a abertura da conta envolve uma entrevista em vídeo entre o cliente e um operador do banco N26. Além disso, há o tradicional processo de preenchimento de informações pessoais e profissionais, além do envio de fotos de documentos.

Banco N26 seguro/confiável?

A declaração de Prota sobre “não ser um banco completo” diz respeito às instituições tradicionais que têm agências físicas e atendimento face e a face, além de outros serviços.

A natureza digital do banco N26 não o torna um banco inseguro ― ao menos, é o que a instituição alega com base no fato de que, para alcançar o sucesso e a confiança dos usuários, instituições financeiras precisam ser seguras. Uma exigência ainda mais comum quando o assunto é a conta bancária e transações digitais.

O site do banco N26 traz, inclusive, a seguinte mensagem: “o N26 é uma das startups mais valiosas da Europa e uma das maiores FinTechs do mundo, apoiada por alguns dos mais reconhecidos investidores globais. Com 5 milhões de clientes, está presente em 25 países da Europa, além dos Estados Unidos”.

Serviços que costuma oferecer e benefícios

Além das funcionalidades de conta digital e cartão de crédito, o N26 tem serviços adicionais como o de seguros, acessíveis somente a partir da adesão a pacotes pagos. Algo que fica totalmente à escolha do usuário.

Em geral, o banco digital N26 não cobra taxa de seus clientes, exceto quando ultrapassam quatro saques mensais. 

Ainda, convém saber que o banco opera por meio de diferentes pacotes entre os quais você deve escolher:

  • Plano N26: plano com tarifa zero, que acompanha cartão de crédito;
  • Plano N26 Black: 9,90 euros por mês, cujos benefícios são transferência gratuita entre contas N26, cartão MasterCard Black, seguro gratuito e compras e saques no exterior sem taxa;
  • Plano N26 Metal: 16,90 euros por mês, cujos benefícios adicionais em relação ao plano anterior são o atendimento diferenciado e as ofertas exclusivas de parceiros.

Vale ter em mente que esses são os planos e benefícios relacionados ao N26 no exterior, sendo possível que diferenças de valores, serviços e produtos sejam apresentadas para o Brasil.

Principais serviços do Banco N26

A lista de benefícios do banco digital N26 é extensa, mas para que você conheça melhor a fintech e avalie se vale a pena abrir a sua conta, vamos a alguns deles:

  • direito a saques gratuitos em caixas eletrônicos (o banco garante quatro saques gratuitos por mês para quem reside na Alemanha);
  • cartão com tecnologia contactless, que permite o pagamento por meio de aproximação;
  • possibilidade de criação de subcontas para separar seu dinheiro por objetivos, o que favorece a gestão de finanças pessoais;
  • possibilidade de adicionar tags ou “etiquetas” às suas transações;
  • facilidade no controle de limites e outros recursos do cartão por meio do aplicativo;
  • parcerias que garantem cashback, ou seja, dinheiro de volta em compras realizadas;
  • integração com o TransferWise para pagamentos ou recebimentos realizados por meio de transações internacionais;
  • serviço de empréstimo pessoal com taxas acessíveis, o N26 Credit;
  • plataforma de investimentos, a N26 Savings.

Como sacar dinheiro do Banco N26

Uma dúvida muito comum quando falamos sobre bancos digitais é a possibilidade de sacar dinheiro e como executá-la. Falaremos rapidamente sobre isso.

Como visto, o N26 permite que saques sejam realizados gratuitamente. Para que isso aconteça, é provável que o banco firme parcerias com redes de caixas eletrônicos no Brasil (ex: Banco24Horas), como já fazem outras fintechs — caso do Nubank.

Banco N26 x outros bancos digitais

Para que você conheça um pouco mais do banco digital N26, vamos a um comparativo simples feito com o Nubank e o Banco Inter:

  • Taxa mensal

Os bancos não cobram nenhuma taxa para manutenção da conta dos clientes, a menos que realizem saques em caixas eletrônicos. 

  • Transferências para outros bancos (TED)

O banco digital N26 só tem transferências gratuitas entre contas N26. Os outros bancos, por sua vez, permitem TEDs gratuitas ilimitadas para os usuários.

  • Saques

Todos os bancos permitem que saques sejam feitos. Como já dito, o Nubank cobra por esse serviço sempre, o que é um ponto de desvantagem em comparação com o Banco Inter e o Banco N26.

  • Cartão de crédito

Os três bancos garantem acesso a cartões de crédito. Banco Inter e Nubank não cobram anuidade, já para o banco N26, essa isenção de taxas só existe para o plano padrão. 

Vale lembrar que existe cobrança para os planos black e metal, ainda que esteja associada a vantagens para o usuário.

Somente após a chegada do banco N26 ao Brasil é que vamos saber, de fato, sobre sua aceitação em nosso mercado. A expectativa é de que a fintech alemã bata de frente com o Nubank e se torne uma forte opção em meio a tantos outros bancos digitais que já temos no mercado.

Gostou do post e quer conhecer outra opção de banco digital? Confira tudo o que você precisa saber sobre o C6 Bank!

Registre-se para receber as principais notícias do mundo das finanças:

Larissa Reis

Larissa Reis

Deixa que eu escrevo! Como jornalista, sempre acreditei no poder da comunicação bem feita para compartilhar informações relevantes, e é para isso que produzo conteúdo!

Deixe aqui o seu comentário

Dá aquele like!

Curta nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades do Pago Quando Puder!

Receba as novidades!